ENCONTRE AQUI O QUE VOCÊ PROCURA


Cartazes para imprimir com as definições dos termos das quatro operações

Por vezes, os alunos não conseguem resolver determinado problema, não porque tenham dificuldades matemáticas, mas, por não conseguirem entender o enunciado do exercício. Como é que se pode pedir a alguém para fatorizar uma expressão, se essa pessoa nem sequer sabe o que significa a palavra fatorizar, nem o que é um fator? Um dos vários assuntos que são abordados nos primeiros anos de escola e mais rapidamente esquecido, está relacionado com o nome dos termos (nomenclatura ou terminologia) utilizados nas quatro operações básicas fundamentais: a adição, a subtração, a multiplicação e a divisão.
Abaixo os cartazes lúdicos para afixar em sala de aula.


  

  

TABELA COM TERMOS PARA AJUDAR NA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS MATEMÁTICOS





Veja também:




Imagens retiradas da internet. 
(Se vc é o autor, por gentileza deixe mensagem para que eu possa editar os créditos)


Projeto Dinheiro do bem em busca do bom comportamento em sala de aula




Projeto Dinheiro do Bem
 (Em Busca do Bom Comportamento)




Público Alvo: 5º ano do Ensino Fundamental
Duração: 1 bimestre (ou o tempo que o professor estabelecer)
Objetivo Geral: Promover a organização comportamental em sala de aula, através de estratégias lúdicas de matemática, incentivando a participação e o senso de responsabilidade dos alunos.
Pensando o Projeto
            A sala de aula, enquanto contexto de ensino pode configurar-se como local apropriado para a observação das relações professor-aluno, bem como das demais variáveis que interferem no processo ensino-aprendizagem. Essa interação em uma sala de aula tem a cada dia se distanciado em virtude do comportamento e falta de compromisso dos educandos. Pensando em assegurar um ambiente satisfatório para a aprendizagem e para a consecução do planejamento do professor, preparamos um projeto que visa minimizar a indisciplina dentro na hora das aulas.
O projeto baseia-se nas aulas de matemática, tornando o aluno protagonista e responsável pelo dinheiro a que lhe pertence, contribuindo ainda para a melhoria do comportamento no contexto escolar.

Como Proceder
·         O professor entregará a cada aluno um valor fictício de R$ 100,00, que caberá ao aluno economizar para posteriormente poder usufruir com sabedoria.
·         No final de cada mês o professor organizará para sua turma uma feirinha contendo comidas e objetos de interesse dos alunos.
·         Para economizar o dinheiro o aluno deverá respeitar as regras estabelecidas em conjunto, que acarretará o seu lucro no final do mês, possibilitando-o a compra de produtos na feirinha.
·         O dinheiro será diminuído dos alunos à medida que descumprirem as normas a seguir: CONVERSAS PARALELAS QUE FOGEM DA ROTINA DA SALA, SAÍDAS DESNECESSÁRIAS, FALAR PALAVRÕES, NÃO REALIZAR AS ATIVIDADES DE SALA.
·         Cada item das regras escrito acima terá um valor para desconto, caso seja descumprida alguma regra, será diminuído do valor recebido inicialmente pelo aluno.
·         Os registros e acompanhamento dos valores serão feitos diariamente pelo professor através de tabela e cartaz com a relação dos alunos, afixado em lugar visível na sala de aula, para que cada aluno possa acompanhar o andamento do seu comportamento e dinheiro.
·           A feirinha no final do mês contará com a participação dos pais, objetivando uma conversa e análise da situação da turma.

Avaliação do Projeto
A avaliação será feita diariamente através do cartaz e sistematizada no final de cada mês com a participação e conversa com os pais.


Karla Valéria Tavares

Baixe aqui o PROJETO do COMPORTAMENTO



Baixe aqui a  TABELA para acompanhamento das REGRAS diárias



ABAIXO FOTOS DA FEIRINHA COM A PARTICIPAÇÃO DOS PAIS

  

  

  

  

  

 





Jogo pintando problemas matemáticos para o ensino fundamental

Jogo pintando problemas matemáticos para o ensino fundamental



Dentre as várias atividades propostas nas aulas de Matemática, uma, em especial, é anunciada por professores como indicação de bons resultados ou como preocupação por insucessos nas aprendizagens dos estudantes. Estamos nos referindo ao ensino-aprendizagem envolvendo a leitura,interpretação e resolução de problemas.


  • Com pincéis indicativos de problemas o aluno terá a chance de ler o problema, buscar a operação relacionada e fazer a conta. 
  • Os alunos poderão utilizar tampinhas, grãos ou outros objetos para resolver a operação
  • Após a resolução da operação o aluno pinta com o pincel do problema o RESULTADO correto.
  • Nesse jogo poderá ser trabalhado problemas matemáticos envolvendo as 4 operações.
  • Após finalizar todo o jogo, os alunos farão a representação dos problemas no caderno.
Os pincéis foram confeccionados com EVA, neles estão colados probleminhas e em outros as operações relacionadas aos problemas. E nos círculos os resultados.
A brincadeira poderá ser feita em grupo na mesa ou no tapete no chão da sala de aula.
Os potinhos de plásticos servem para armazenar o jogo.

 

Objetivo do Jogo: Incentivar os alunos a buscar modos de resolver problemas e garantir momentos de socialização dessas estratégias que constituem aspectos importantes de ampliação de repertórios na “arte” de resolver problemas. 





Texto o rei e a fé com interpretação


O texto trás uma excelente oportunidade para trabalhar conceitos de confiança, ensinamento de fé e superação.

TEXTO: O REI E A FÉ
Certa vez, um rei foi caçar com seu súdito que  tinha muita fé e um imenso amor por seu Deus.
         Este súdito sempre dizia ao rei que seu Deus era maravilhoso e tudo o que ele fazia era correto.
         Durante a caçada, foram surpreendidos por um animal feroz, que atacou o rei. O rei logo gritou ao súdito que pedisse ao seu Deus que o salvasse, apesar de sua incredibilidade. Eis, que a vida do rei foi salva, porém a fera comeu-lhe um dedo. O rei ficou furioso e mandou prendê-lo por trinta dias na masmorra. Novamente o rei foi caçar, perdendo-se na mata e deparou-se com uma tribo de canibais, que o aprisionou para devorá-lo. Ao passar pela apreciação da hierarquia da tribo, perceberam que o rei era imperfeito, pois lhe faltava um dedo. Então, soltaram-no e, ao chegar no palácio, foi logo soltando o súdito que, muito feliz repetiu como sempre: - Meu Deus é maravilhoso e tudo o que ele faz é correto.
- Se o seu Deus é tão maravilhoso e correto, porque ele permitiu que eu o prendesse?
- Meu rei, se eu não estivesse preso, eu estaria com o senhor na caçada e,  como eu tenho o corpo perfeito, quem os canibais devorariam?

Adaptado do Texto O Rei e a fé.

REFLEXÃO   

1)   Quem neste texto vivencia sua fé?
2)   Na sua opinião, em que momento o rei valorizou a fé do seu súdito?
3)   Na sua opinião  pode-se identificar no texto a manifestação do sagrado? Que situação é essa?
4)   O que o rei entendeu como manifestação do sagrado pode ser explicado de outra forma? Qual?

5)   Em que momentos você pensa num ser superior?





DOWNLOAD AQUI DO TEXTO


Apostila com palavras regionalistas em PDF para baixar



Essas variações podem acontecer de diversas formas e estão diretamente relacionadas ao fenômeno do uso do idioma, em que seus próprios falantes podem alterar o modo de falar, escrever e passar as informações adiante. Assim, surgem as variações linguísticas envolvendo vários traços históricos, sociais, culturais e geográficos. Um bom exemplo que pode ser observado com facilidade nos tipos de variação linguística no Brasil, é a variação linguística regional.


Segue abaixo o link para vc baixar a apostila de palavras regionalistas



Acesse tbm:



Leia Mais

Topo