ENCONTRE AQUI O QUE VOCÊ PROCURA

Dicas para fazer um bom relatório individual do aluno


Professores têm uma série de demandas obrigatórias para cumprir em seu dia a dia. Está longe de ser uma tarefa simples, afinal, não consiste em simplesmente chegar na sala de aula e lecionar os conteúdos de acordo com seus conhecimentos. É preciso fazer o planejamento das aulas, seguir o cronograma da instituição em questão, preencher o diário de classe e elaborar o relatório descritivo do aluno. Aliás, você sabe o que é esse relatório? Tal documento é de grande valia para pais, alunos e os próprios professores, pois aborda a evolução de cada criança perante o ambiente escolar.
Esse tipo de parecer descritivo é uma das atividades previstas no currículo pedagógico escolar do ensino infantil e ensino fundamental. Professores dessas etapas da educação devem estar preparados para formular essa documentação em determinados períodos do ano letivo. 
Abaixo selecionei algumas dicas de pontos que são de suma importância constar no relatório.
Mas, lembre-se: Deve-se observar as normas da LBD, projeto político pedagógico da escola, BNCC e outros documentos que regem o ensino infantil e fundamental, assim o relatório individual do aluno deve refletir e contemplar todo o período de atividades escolares, não somente o momento das provas e avaliações.

  • Professor: conheça seus alunos e aprimore sua didática
  • Avalie seus alunos em diferentes aspectos

Aspectos:
 Fale sobre a à assimilação e fixação dos conteúdos (O aluno é excelente, independente e realiza todas as atividades,  é muito bom, porém tem necessidade de consultar o professor, o aluno possui dificuldade, é dependente do professor, mas realiza apesar de apresentar bastante lentidão, o aluno possui dificuldade, é extremamente dependente do professor, não consegue realizar nada sozinho e não demonstra vontade em aprender).
Concentração e atenção às atividades em sala de aula (descreva se o  aluno é participativo completamente, ou se participa com ressalva, pois se empolga demais dificultando o aprendizado. O aluno participa somente quando é solicitado. O aluno não participa da aula. Demonstra apatia. O aluno é distraído, conversa e ainda atrapalha os demais).
Quanto à correção (O aluno não consegue corrigir os erros sozinho, necessita que o professor lhe oriente durante a correção, seja ela no caderno ou na apostila, pois se distrai com muita facilidade. O aluno é excelente. Consegue identificar e corrigir seus erros (clipes) sem auxílio do professor, sejam eles no caderno ou na apostila. O aluno não corrige certo da lousa, pois apresenta deficiência visual. O aluno não corrige certo da lousa, devido à falta de atenção).
Quanto ao relacionamento do aluno com os colegas (Relaciona-se bem com todos os colegas. Não relaciona-se bem com os colegas, gosta de se isolar. Não relaciona-se bem com os colegas, é agressivo. Gosta de realizar trabalhos em grupo. Demonstra resistência em fazer trabalhos em equipe).
Quanto à disciplina(Apresenta comportamento excelente tanto em sala de aula , como na fila para as ações da rotina. O aluno apresenta comportamento excelente em sala, porém na fila para outras ações, sempre é chamado a atenção.O aluno conversa , porém acata às regras da sala, uma chamada de atenção é suficiente. O aluno é indisciplinado, cabendo ao professor chamar-lhe a atenção em diversos momentos.
Reforço Escolar (O aluno não necessita de reforço paralelo. O aluno necessita de reforço e comparece a todos. O aluno necessita de reforço, mas não comparece com frequência. O aluno comparece aos reforços, mas apresenta resistência em realizar as atividades propostas, se distrai facilmente com outros assuntos).
Quanto à Leitura (O aluno lê com fluência e entonação adequados. O aluno lê, mas não respeita os sinais de pontuação. O aluno tem dificuldade na leitura das palavras.
O aluno não lê).
Em relação à assiduidade do aluno (O aluno falta muito, prejudicando o aprendizado. o aluno não falta, exceto se for necessário. O aluno não consegue acompanhar as atividades trabalhadas devido ao número de faltas).
Desempenho em matemática ( O aluno reconhece os números até (20), ou (50) ou (100), e coloca-os em ordem crescente. O aluno não reconhece os números. O aluno compreende os número pares e ímpares, reconhece as formas geométricas planas, consegue associar conjuntos a quantidade numérica e tem noção de espaço. ) ou vice-versa. 
Desempenho em outras áreas de conhecimento: ( Os demais conteúdos foram trabalhados interdisciplinarmente,o aluno se destaca nas aulas de pintura, dramatização, desenho e contações de histórias).

Observações comum à todos.
O aluno precisa ser compreendido como um ser em construção, buscando o aprendizado e a descoberta através dos conteúdos, da rotina e socialização entre os demais. A transição de uma série para outra requer uma estrutura adequada voltada ao respeito pelo q o aluno sabe e o que ainda está sendo consolidado, lembrando q cada criança tem o seu tempo de aprendizagem. Portanto, a rotina da nova sala, deve dá continuidade ao ensino que o mesmo estava acostumado, para que aos poucos ele consiga adequar-se a nova rotina de uma maneira satisfatória, sem bloqueio cognitiva.

Acesse também:






Obs:
Algumas dicas dessa postagem foram inspiradas no blog https://www.atividadeseducacaoinfantil.com.br/
Que em conjunto com o que eu mesma criei para a minha turma, condessou-se em dicas de muita utilidade para os professores.


Topo